Contactos

ELAINE CONSÓRCIOS LTDA

  • Pessoa de contato: ELAINE AGOSTINHO
  • Telefone: 55 (11) 3405-0175
  • Endereço postal: PACAEMBU, SÃO PAULO, São Paulo, 01250, Brasil

Renovações do site
EMPILHADEIRAS, foto 1
  • EMPILHADEIRAS, foto 2
  • EMPILHADEIRAS, foto 3
  • EMPILHADEIRAS, foto 4
  • EMPILHADEIRAS, foto 5
  • EMPILHADEIRAS, foto 6
  • EMPILHADEIRAS, foto 7
  • EMPILHADEIRAS, foto 8
  • EMPILHADEIRAS, foto 9
  • EMPILHADEIRAS, foto 10

EMPILHADEIRAS

Uma empilhadeira ou empilhador é uma máquina usada principalmente para carregar e descarregar mercadorias em paletes.
disponível
R$80.060
Encomendar
Informação de contato
  • Pessoa de contato: ELAINE AGOSTINHO
  • Telefone: 55 (11) 3405-0175
  • Endereço postal: PACAEMBU, SÃO PAULO, São Paulo, 01250, Brasil
Descrição detalhada de um produto
  • FOTOS DO SITE MERAMENTE ILUSTRATIVAS.

Uma empilhadeira ou empilhador é uma máquina usada principalmente para carregar e descarregar mercadorias em paletes.[1]
Existem diversos tipos e modelos. Os mais comuns, em galpões fechados e centros de distribuição são as empilhadeiras de combustão em gás liquefeito (GLP) e elétricas.Possuem capacidade de carga que vão de 1.000 kg a 16.000 kg, e de 2,00 metros até mais de 14 metros.
São disponibilizados também vários acessórios que podem aumentar a capacidade, autonomia e adequação a trabalhos específicos.[2]
Existem diversos tipos e modelos, tais como: elétricas, manuais, combustão e portuárias.
Índice [esconder]
1 Tipos de Empilhadeiras
1.1 Elétricas
1.2 Manuais
1.3 Combustão
1.4 Portuárias
1.5 Empilhadeiras com motor elétrico
1.6 Empilhadeiras com motor a combustão
2 Normatização Legal
3 Acessórios
4 Treinamento
4.1 Reciclagem – Aperfeiçoamento
5 Notas e Referências
6 Ligações externas
[editar]Tipos de Empilhadeiras

Podemos separar os diversos tipos de empilhadeiros por classes.
As de classe 1, 2 e 3 são elétricas.
As da classe 4 são com motor a combustão, mas seus pneus são maciços tipo cushion.
As da classe 5 também são com motor a combustão com os pneus podem ser de qualquer tipo, ou pneumático.
Finalmente, as classe 6 compreende os rebocadores, que são largamente utilizados em aeroportos, campos de golfe e futebol, ou em lugares que exigem transporte de material e pessoas e que comportam a passagem desses veículos pequenos.
[editar]Elétricas
São equipamentos versáteis em função do seu desenho e de suas características operacionais, são próprios para serem operados em lugares fechados, tais como: depósitos, armazéns ou câmaras frigoríficas. Geralmente compactos, para que possam realizar tarefas em corredores estreitos, normalmente possuem uma torre de elevação com grande altura aumentando consideravelmente a capacidade de armazenagem e estocagem em prateleiras.
São movidas a eletricidade, sendo sua principal fonte de energia baterias tracionárias. Operam silenciosamente, fator de grande importância em qualquer ambiente produtivo diminuindo consideravelmente ruídos operacionais. Possuem alto grau de giro possibilitando manobras em seu próprio eixo.
[editar]Manuais
Existe uma variedade muito grande e diferentes tipos de empilhadeiras manuais disponíveis no mercado, atendendo a diferentes necessidades, sendo que, o grande diferencial deste equipamento é em relação ao operador que pode operá-lo em pé sobre o equipamento ou caminhando segurando o timão (porta-paletes).
[editar]Combustão
As empilhadeiras a combustão GLP e Diesel são utilizadas mais comumente em pátios, docas, portos, etc. São mais robustas e possuem capacidades que podem chegar a até 70 toneladas, e altura de elevação até 6,5 metros. Além destas características, são disponibilizados também vários acessórios que podem aumentar a capacidade, autonomia e adequação a trabalhos específicos.
[editar]Portuárias
São equipamentos de grande porte, próprias para a movimentação de contêiner, no carregamento e descarregamento de navios. Usadas principalmente em portos.
[editar]Empilhadeiras com motor elétrico
Classe I
Contrabalançada
Capacidade igual ou menor que 2 ton
2 estágios
3 estágios
4 estágios
Capacidade maior que 2 ton
2 estágios
3 estágios
4 estágios
Classe II
Pantográfica
Capacidade igual ou menor que 1,6 ton
3 estágios
Capacidade maior que 1,6 ton
3 estágios
Retrátil
Capacidade igual ou menor que 1,6 ton
3 estágios ou
Sem torre
Capacidade maior que 1,6 ton
3 estágios ou
Sem torre
Selecionadora de Pedidos
Capacidade igual ou menor que 1,6 ton
Capacidade maior que 1,6 ton
Trilateral
Capacidade igual ou menor que 1,6 ton
2 estágios
3 estágios
Capacidade maior que 1,6 ton
2 estágios
3 estágios
Classe III
Transpaleteira sem torre
Capacidade igual ou menor que 1,2 ton
2 estágios
3 estágios ou
Sem torre
Capacidade maior que 1,2 ton
2 estágios
3 estágios ou
Sem torre
Transpaleteira com torre
Capacidade igual ou menor que 2 ton
2 estágios
3 estágios ou
Sem torre
Capacidade maior que 2 ton
2 estágios
3 estágios ou
Sem torre
Classe IV – c/ motor a combustão / explosão (pneu tipo cushion / maciço)
Empilhadeiras de modelo cushion (não são fabricadas/comercializadas no Brasil)
Classe V – c/ motor a combustão / explosão (qualquer tipo de pneu / pneumático)
Empilhadeira combustão interna /explosão (qualquer tipo de pneu)
Ver datalhes no final
Classe VI
Rebocador
Sem torre
[editar]Empilhadeiras com motor a combustão
EMPILHADEIRAS CLASSE V
c/ motor a combustão / explosão (qualquer tipo de pneu)
GLP
Capacidade até 2 ton
2 estágios
3 estágios
Capacidade de 2.5 até 3.5 ton
2 estágios
3 estágios
Capacidade de 4 até 6.5 ton
2 estágios
3 estágios
Capacidade de 7.5 até 9 ton
2 estágios
3 estágios
Capacidade acima de 10 ton
2 estágios
Diesel
Capacidade até 2 ton
Capacidade de 2.5 até 3.5 ton
Capacidade de 4 até 6.5 ton
Capacidade de 7.5 até 9 ton
Capacidade acima de 10 ton
Reach Stacker / Empilhadeiras de containner
Capacidade até 50 ton
Lança hidráulica e spreader para movimentação de containers.
[editar]Normatização Legal

Lei 6514 – Portaria 3214 – NR 11
Regulamentação: Segundo a Lei 6514, a Norma Regulamentadora Nº11 está previsto que toda a pessoa que for manusear um equipamento com força motriz própria deverá realizar um treinamento específico sobre ele. Também comenta que este futuro operador passe por exames médicos periódicos, que terão a validade de um ano. Depois de ser considerado apto, o operador deverá receber um crachá contendo nome completo, foto e data do exame médico, sendo a NR11 uma norma governamental a qual devemos cumprir, ela exige também que os equipamentos estejam em perfeitas condições de funcionamento que possuam sua capacidade de carga em local visível. Dentro desta norma regulamentadora não se comenta a necessidade do operador portar carteira Nacional de Habilitação, esta exigência é feita somente pelo Conselho Nacional de Trânsito, que diz que todo equipamento operado ou dirigido em via pública o condutor deverá possuir sim, CNH compatível com o veículo em movimentação.
[editar]Acessórios

São vários os acessórios que existem para facilitar ainda mais seu trabalho, tais como:
Garras para Rolos de Papel
Push/Pull
Rotores
Sistema Raben para Pneus
Inversor de Carga Estacionário
Duplo posicionador de Garfos (Single-Double)
Garra para Barris
Virador de Carga (Turnaload)
Escolhador de Camadas
Estabilizador de Cargas
Volteador Frontal (Bin Dumper)
Entre outros
[editar]

Informação para encomenda
  • Preço: R$80.060
Categoria do catálogo Negociol.com: Empilhadeiras em São Paulo
Criado: 30/06/11 10:12
Alterado: 07/07/11 15:50